Instrumentos
Ensembles
Opera
Compositores
Intérprete

Partituras $20.00

Original

Ouverture fur Harmoniemusik. score only. Felix Bartholdy Mendelssohn. B-Flat Trumpet sheet music. Horn sheet music. Oboe sheet music.

Traducción

Abertura como Harmoniemusik. marcar apenas. Felix Mendelssohn Bartholdy. B-Flat Trumpet partituras. Partituras Corno. Partituras Oboé.

Original

Ouverture fur Harmoniemusik. score only. Op. 24. Composed by Felix Bartholdy Mendelssohn. 1809-1847. Arranged by M. Asbill & K. Geraldi. Wind Ensemble. For Wind Ensemble. One on a part. Piccolo Flute Oboe 1 Oboe 2 E-flat Clarinet 1 E-flat Clarinet 2 B-flat Clarinet 1 B-flat Clarinet 2 B-flat Clarinet 3 B-flat Clarinet 4 Bassoon 1 Bassoon 2 Contrabassoon F Horn 1 F Horn 2 F Horn 3 F Horn 4 B-flat Trumpet 1 B-flat Trumpet 2. Grade 5. Score only. Duration 9. 00. Published by C. Alan Publications. CN.18881. Written at the ripe age of 15, Mendelssohn's Ouverture, op. 24 demonstrates his musical maturity from a very young age. Set in sonata form, the work begins with a slow, highly melodic introduction that leads into a quick allegro filled with counterpoint and polyphonic imitation. Asbill and Geraldi have done a masterful job of adapting the original work for the modern wind ensemble. Felix Mendelssohn was a prolific composer from a very young age, and was also one of the finest keyboardists of his time. Born into one of Germany's most cultured 19th century families, Mendelssohn's parents home schooled their children on a very strict routine. Their studies included music, history, Greek, Latin, science, literature, and drawing. Felix formed a particularly strong bond with his older sister, Fanny, who became a successful composer in her own right. The Mendelssohn home was a gathering point for conservative German intellectuals and philosophers organized by Moses Mendelssohn, Felix's grandfather,. His father, Abraham, was a wealthy banker intent on providing his family with the best possible opportunities for education and culture. Karl Friedrich Zelter was the young composer's primary music teacher. Mendelssohn's comprehensive musical education emphasized correctness, propriety, and formal clarity. His models included not only the Romantics of the early 19th century, but also 18th century figures, such as Bach and Mozart. Mendelssohn made his debut as a pianist at age nine in 1818 and in 1819 the Berlin Singakadamie presented the first public performance of one of his compositions. The Mendelssohn family enjoyed summer holidays in various locations around Europe, where Felix formed professional connections with eminent historical figures, including Goethe and Spohr. During the summer of 1824, Mendelssohn vacationed with his father at the northern German community of Bad Doberan. This resort was known for its spas, many of which employed small Harmonie ensembles to perform daily concert. While in Bad Doberan, Mendelssohn composed his Notturno for eleven instruments - pairs of oboes, clarinets, horns, and bassoons, plus additional parts for flute, trumpet, and English basshorn - and the work received its premiere on July 24, 1824. In 1838, the composer rescored the work for large German wind band and re-titled it Overture, Op. 24. At this time, Mendelssohn sought to have the work published in three versions. the original for 11 instruments, the expanded version, and a setting for piano four-hands. Simrock accepted the works, but did not publish them until 1852, five years after the composer's death. The work is in sonata form with a slow, highly melodic introduction. Its balanced phrase structures and restrained expressive sensibility are characteristic of Mendelssohn's style. The Allegro presents a succession of short motives, with the second theme serving as the only melody of any length. The development explores the young composer's sense of classical counterpoint through the use of polyphonic imitation. Originally composed when Mendelssohn was only 15 years old, the Overture, Op. 24, illustrates his maturing compositional voice. EDITORIAL COMMENTS In the years since Mendelssohn's work was composed in the 1830s, numerous scores, adaptations, and editions have been published to make the piece accessible for performance. This new edition was created in order to make the original version easily performable by a modern wind ensemble. The editors' intention was to remain as faithful as possible to Mendelssohn's original concept, while adapting the instrumentation for modern performers. In this process, discrepancies, inconsistencies, and inaccuracies between individual parts and previously existing editions were reconciled. The source material used included an 1876 reprint by Breitkopf & Hartel of the original 1852 score, the critical edition score published by Barenreiter, and the 4-hand piano score published by Simrock. To achieve these goals, the editors needed to make decisions regarding instrumentation and notation. Mendelssohn's original ensemble included a pair of F soprano clarinets and a pair of Basset horns. The editors have transposed and edited these parts for two E-flat clarinets and two additional B-flat clarinets, with little to no effect upon register or timbre. The obsolete English bass horn that Mendelssohn requires in his score has been included as a part for Euphonium. For convenience, the editors transcribed the trombone parts, originally notated in alto or tenor clef, all to bass clef. The snare drum notation was clarified and simplified to reflect the more regimental drumming technique of the period, while remaining easily readable to modern players. Lastly, details of dynamics and articulations were coordinated between parts and adjusted to match the reprinted score from 1852.

Traducción

Abertura como Harmoniemusik. marcar apenas. Op. 24. Composta por Felix Mendelssohn Bartholdy. 1809-1847. Organizados por M. Asbill. Wind Ensemble. Para Wind Ensemble. Um em uma parte. Piccolo Flute Oboe 1 Oboe 2 mi bemol Clarinet 1 mi bemol Clarinet 2 B-flat Clarinet 1 B-flat Clarinet 2 B-flat Clarinet 3 Clarinet B-flat 4 fagote 1 fagote 2 Contrabassoon F Corno 1 F 2 F Corno Chifre 3 F Corno Trumpet 4 B-flat Trumpet 1 B-flat 2. Grau 5. Marque apenas. Duração 9. 00. Publicado por C. Alan Publicações. CN.18881. Escrito na idade madura de 15, Ouverture de Mendelssohn, op. 24 demonstra sua maturidade musical a partir de uma idade muito jovem. Situado em forma de sonata, o trabalho começa com uma introdução lenta, altamente melódico que leva até um allegro rápido preenchido com contraponto e imitação polifônico. Asbill e Geraldi ter feito um trabalho magistral de adaptação da obra original para o moderno conjunto de vento. Felix Mendelssohn foi um compositor prolífico partir de uma idade muito jovem, e também foi um dos melhores tecladistas do seu tempo. Nascido no seio de uma das famílias mais cultas da Alemanha do século 19, os pais casa de Mendelssohn educado seus filhos em uma rotina muito rigorosa. Seus estudos incluiu música, história, grego, latim, ciência, literatura e desenho. Felix formou um particularmente forte vínculo com sua irmã mais velha, Fanny, que se tornou um compositor bem sucedido em seu próprio direito. A casa Mendelssohn era um ponto de encontro de intelectuais e filósofos alemães conservadores organizados por Moses Mendelssohn, avô de Felix,. Seu pai, Abraão, era uma intenção rico banqueiro no fornecimento de sua família com as melhores oportunidades possíveis para a educação e cultura. Karl Friedrich Zelter era professor de música principal do jovem compositor. Educação musical abrangente de Mendelssohn enfatizou exatidão, correção e clareza formais. Seus modelos incluíam não só os românticos do início do século 19, mas também figuras do século 18, como Bach e Mozart. Mendelssohn fez sua estréia como pianista aos nove anos em 1818 e em 1819 a Berlim Singakadamie apresentou a primeira execução pública de uma de suas composições. A família Mendelssohn gostei férias de verão em vários locais ao redor da Europa, onde Felix formado conexões profissionais com eminentes figuras históricas, incluindo Goethe e Spohr. Durante o verão de 1824, Mendelssohn férias com seu pai na comunidade do norte alemão de Bad Doberan. Este resort foi conhecida por seus spas, muitos dos quais utilizados pequenos conjuntos Harmonie para realizar concerto diária. Enquanto em Bad Doberan, Mendelssohn compôs sua Notturno para onze instrumentos - os pares de oboés, clarinetes, fagotes chifres, e, além de peças adicionais para flauta, trompete, e Inglês basshorn - eo trabalho recebeu sua estréia em 24 de julho de 1824. Em 1838, o compositor rescored o trabalho para grande banda de vento alemão e re-it intitulado Overture, Op. 24. Neste momento, Mendelssohn procurou ter o trabalho publicado em três versões. o original para 11 instrumentos, a versão expandida, e uma definição para piano a quatro mãos. Simrock aceite as obras, mas não publicá-las até 1852, cinco anos após a morte do compositor. O trabalho é em forma de sonata com uma introdução altamente melódico lento. Suas estruturas frase equilibradas e contido sensibilidade expressiva são característicos do estilo de Mendelssohn. O Allegro apresenta uma sucessão de motivos curtos, com o segundo tema que serve como a única melodia de qualquer comprimento. O desenvolvimento explora sentido do jovem compositor de contraponto clássica através do uso de imitação polifônico. Originalmente composta quando Mendelssohn tinha apenas 15 anos de idade, o Overture, Op. 24, ilustra a sua voz composicional amadurecimento. Comentários editoriais Nos anos desde que a obra de Mendelssohn foi composta na década de 1830, numerosas partituras, adaptações e edições foram publicadas para fazer a peça acessível para o desempenho. Esta nova edição foi criada a fim de fazer a versão original de fácil execução por um conjunto de vento moderno. A intenção dos editores era permanecer o mais fiel possível ao conceito original de Mendelssohn, enquanto se adapta a instrumentação para os artistas modernos. Neste processo, as discrepâncias, inconsistências e imprecisões entre partes individuais e edições anteriormente existentes foram reconciliados. O material de origem usado incluiu uma reimpressão 1876 por Breitkopf. Para alcançar esses objetivos, os editores necessária para tomar decisões a respeito de instrumentação e de notação. Conjunto original de Mendelssohn incluído um par de F clarinetes soprano e um par de chifres Basset. Os editores transpuseram e editado estas peças para dois clarinetes E-flat e dois clarinetes adicionais B-flat, com pouco ou nenhum efeito sobre registo ou timbre. O obsoleto Inglês baixo chifre que Mendelssohn requer em sua pontuação foi incluída como uma parte para Euphonium. Para maior comodidade, os editores transcritas as partes trombone, originalmente notado em alto ou tenor clef, tudo para clave de fá. A notação tarola foi clarificada e simplificada para refletir a técnica de percussão mais regimental do período, mantendo-se facilmente legível para jogadores modernos. Por último, os detalhes da dinâmica e articulações foram coordenadas entre as partes e ajustado para coincidir com a pontuação reimpresso de 1852.